sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Por que eu não consigo emagrecer?

Escrevi este texto na quarta a tarde. Fiquei pensando se colocava aqui ou não. Mas hoje pensei que sim, pra que eu possa ler e me lembrar de tudo que passei e senti ...

Por que eu não consigo emagrecer?

Desde os 11 anos eu faço dieta. Sei exatamente o que precisa ser feito: refeições equilibradas com verduras legumes e frutas, evitar frituras, doces, massa.

Já fui em vários médicos, já tomei alguns remédios. Até emagreci, mas, depois, voltei a engordar.

Sei que sou ansiosa, como quando estou triste, quando estou alegre, quando estou angustiada. Quando estou com fome, como sem pensar. Sou muito exigente comigo mesma, quando faço algo errado na dieta, ai que piso na jaca mesmo. Como tudo o que quero, o que gosto.

Estou tentando mudar isso, não deixar que o “já que” acabe com o meu esforço. Mas será que vai dar certo? Será que conseguirei ter a paciência necessária para esperar os resultados aparecerem?

Por que as vezes não consigo me controlar diante de coisas calóricas que eu preciso evitar? Pode ser porque não quero mostrar para as pessoas que estou fazendo dieta. Tantas vezes disse que estava de dieta e comia o que não deveria e as pessoas deixaram de acreditar, e eu não quero que elas saibam que ainda estou tentando. Se elas souberem eu me sentirei observada, cobrada, criticada e eu não quero mais isso. Porém, eu continuo querendo e muito emagrecer.

Esse ano eu farei 30 anos, são quase 20 anos pensando, querendo, desejando, porem, sem conseguir emagrecer.

Um pouco antes de começar a namorar o Jé eu cheguei bem perto dos 69,9, mas, quando comecei a namorar tudo foi pro ralo.

Li, um dia, num blog, que sempre colocamos a culpa do nosso não emagrecimento em alguma coisa ou em alguém e que, se estamos gordos é porque inconscientemente queremos estar gordo.

Por que eu, inconscientemente, quero estar gorda?
Possíveis respostas:
1) Porque tenho medo de chamar a atenção, de ser notada.
2) Por que sendo gorda sou tratada como coitadinha, por que as pessoas (teoricamente) me dariam mais atenção, teriam mais paciência comigo.
3) Por que eu não mereço ser magra, ser feliz, porque eu não sou uma pessoa boa, organizada, prendada, rápida, disposta, etc.

Ter foco – lembretes pra mim!
- se não pode comer, não vou comer.
- ter sempre algo para comer na bolsa, como uma fruta, barra de cereais, banana passa, trident, etc.
- dar preferência sempre a coisas saudáveis: legumes, verduras, frutas.
- evitar o excesso de massa, ter sempre um legume/verdura para comer em casa.
- estar aberta a novos sabores (desde que sejam saudáveis)
- pensar sempre que esta limitação ao que comer é por um tempo, com um fim/propósito que é o de ter um corpo bonito e saudável.
- pensar que me sentirei mais forte fazendo uma refeição equilibrada, mesmo estando próxima daqueles que são mais próximos.
- não ter mais medo das cobranças, elas me farão me manter no foco, me farão mais forte.
- não tenha medo de chamar a atenção, de ser notada, você será notada por uma coisa boa, por estar bem, não está fazendo nada de errado.
- deixe de acreditar que as pessoas olham com pena para você por você estar gorda e que por isso você terá privilégios como mais atenção, carinho e respeito.
- você merece ser magra e ser feliz. Você é uma pessoa como qualquer outra, que tem defeitos e qualidades e como qualquer outra, também merece ser feliz.
- faça uma atividade física pelo menos 3 vezes por semana pelo resto da sua vida, isso só fará bem.
- você provalmente não fará tudo perfeito como gostaria, mas nem por isso tem que se criticar ou menosprezar nem usar o “já que ...”, levante e contine na luta.

6 comentários:

Cris disse...

Oi, Paula! Obrigada pela força viu! Ah, amiga, eu fui tratar muitas dessas dúvidas em terapia e foi muito bom! Não é a dieta em si que é o problema, o problema somos 'nós', ou seja, como agimos diante da vida e das pessoas, se temos auto-estima ou não. Não tem nada a ver com comida exatamente, mas com nossos sentimentos. É o que eu acho... Beijos e bom fds!!! Cris

Anônimo disse...

oii.. levante a auto estima garota! força na peruca! hehehe, uma otima dica é ler o livro "magra? nao. gorda em recuperação", da uma espiadinha no site www.gordasemrecuperacao.com.br, ele tem me ajudado muito a compreender os pensamentos gordos e compulsivos por comidas que é o grande mal das gordinhas.. boa sorte e força!!

Marcia disse...

Eu li o livro que te recomendaram ai em cima, e realmente, mudou minha cabeça. Percebi que não adianta, não tem milagre. Estou só no começo do caminho, mas, esse livro vai te ajudar a chegar lá ...
Bjs

Annie x Gastroplastia disse...

Oi Paula, vc esta no caminho certo, pensando o porque de ser ou nao ser mais gorda! isso mesmo, precisamos ter consciencia primeiro, torço por vc! te desejo um otimo fds e bjinhus!

Beth disse...

Você está no caminho. Uma ótima reflexão. Está fazendo uma auto-análise que ajudará bastante, se você for produtiva e, para cada respostinha encontrada, não assumir como verdades coisas que, no final das contas, a impedem de prosseguir e vencer.Você não está fadada a falhar, porque falhou antes. Não há a sina de ser do jeito oposto ao que deseja.
E o que está por trás da falta de perseverança, você vai descobrir também e lidar melhor com isso.
Também não acho que você precise divulgar o seu trabalho pelo emagrecimento,eu também fiquei na minha, quando iniciei meu processo e foi uma das boas coisas que fiz, na época. Só o meu marido, meu filho e um grande amigo souberam, no início. Depois, uma grande amiga. E depois, só aos pouquinhos e à medida em que eu ia vencendo, e que ficava visível a mudança, o resto do povo foi sabendo.
Paulinha, quem tem que acreditar em você é você. Quem tem que confiar que você será capaz, desta vez, de perseverar, é você. Se alguém não acreditar, problema da pessoa. Não faça ou desfaça nada pensando no que os outros vão pensar ou falar. Agora, o objetivo principal de não propagar a notícia é evitar ouvir bobagens, palpites infelizes, sofrer alguns boicotes etc. até que se sinta totalmente forte, no controle e sem volta. Vai conseguir. Beijos

Dric@ disse...

Amiga,
Me emocionei com sua reflexão pq vi o meu passado e agora vejo o meu presente.
Mude por vc!!! Emagreça para vc!!! Lute para ser feliz !!! Resgate seu amor-próprio!!!
Me escondi anos atrás dos quilos a mais e sempre fazia questão de dizer: sou gorda, mas sou feliz e hoje vejo que eliminar alguns quilos tem que ser pelos nossos próprios objetivos e não pelos outros.Por nossa saúde, para vivermos melhor e sentirmos prazer em vestir uma roupa que nos cai bem e nos faz sentir bonita.
Reflita, escreva, analise, mude, recomece quantas vezes for necessário mas não desista de vc.
Vc merece e pode conquistar o que quiser.
Conte comigo.
Muitos bjnhos