quarta-feira, 28 de outubro de 2009

quarta abusada ... rsss

Hoje no almoço abusei de novo, comi brigadeiro, tava com uma vontade danada de comer um doce (mais um, tendo em vista que já tinha comido a gelatina ...) e hoje no café comi novamente pão de queijo com todynho, não era o que eu queria, mas, foi o marido que comprou pra mim e não ia ter tempo de trocar ...mas, não vou desistir, não vou chutar o balde, vou procurar continuar fazendo tudo direitinho ... nem que seja bem pouquinho, eu vou emagrecer ... como diz a moça do blog famoso: “só não consegue quem desiste”
Na janta também não fiz boas escolhas, as vezes acabo "concedendo" demais, mas, amanhã será melhor, pelo menos os lanchinhos foram com frutas ...

Café – 09:00
1 toddynho
1 pão de queijo

Lanche – 11:00
1 banana

Almoço – 12:20
1 colher grande de salada de maionese
1 ovo de codorna
2 rodelas de tomate
1 escumadeira cheia de macarrão com molho de tomate
1 bife a milanesa
1 potinho pequeno de gelatina
1 brigadeiro

Lanche – 17:00
1 maça

Jantar - 20:00
1 pedaço de pizza de presunto e queijo
1 copo de coca cola
1 pedaço de panetone

3 comentários:

Valquíria disse...

Paula não se cobre tanto, cada pessoa tem seu ritimo ainda mais no começinho da RA é assim mesmo. A mudança no cardápio vem aos poquinhos, cada dia melhor que o outro, o importante é evitar grandes quantidades de comida o que pelo visto vc já está evitando!
Um grande beijo e até mais
Val

Jeff disse...

Oi amor!

Concordo com a moça.

Eu e o Gui sabemos que vc consegue.

Estamos na torcida!

Beth disse...

Paulinha, eu acho que você não precisa e nem deve ficar tão angustiada. O processo de reeducação não é algo sacrificante e que deva deixar alguém assim, arrastando correntes e, sim, uma mudança gradual que a gente faz na forma de pensar e de agir. E os hábitos vão se aprimorando devagar mesmo. Mas é preciso ficar firme, pelo menos na maior parte dos dias. Para ver resultados e se incentivar ainda mais a seguir.
E se você ficar fazendo a coisa na base do 'quase', o seu resultado também será 'quase' e acabará ficando 'quase' animada, entende?
Não neurotize. Mas não negligencie.
Seja assertiva. Diga ao marido o que quer que ele lhe trga de café da manhã, até que ele saiba a melhor escolha a fazer sozinho. Não há problema em comer 1 pão de queijo. Mas há opções melhores, então deixe isto para uma vez ou outra, até você engrenar e sentir-se mais segura no processo.
Se você já está consumindo menor quantidade, isto é legal. Mas é importante ver a qualidade. Lendo o seu cardápio do almoço, me deparei com uma colher grande de salada de batata com maionese na mesma refeição em que você consumiu também uma escumadeira cheia de macarrão e, para completar, um bife à milanesa.
Nada disso é proibido, mas quando você consome 'junto e misturado' (rs) a coisa pega e interfere negativamente no seu progresso.
Se optar pela batata com maionese, não ponha macarrão no prato. Ou uma coisa, ou outra. E neste caso, opte por um bife menos gorduroso. E se quiser o bife à milanesa ( eu tmabém gosto), então nesse dia coma outro tipo de salada, sem a batata e a maionese, para compensar. E consuma outro tipo de cereal mais leve.
E assim, você vai aprendendo a montar pratos mais saudáveis, sem perder o prazer de comer. Apenas vai variar. Apena vai comer em dias diferentes isto e aquilo.
E vai ver resultados e vai ficar mais animada, e vai fazer cada vez melhor.
Claro que vai conseguir vencer a parada!
Aos poucos tudo vai melhorando.
Beijos e sucesso.
Beth
http://aconquista.zip.net